2009-03-30

Fim De Época Boulderística
A minha temporada de boulder chegou ao fim e se querem que vos diga, acho que nem chegou a arrancar este inverno, foi uma época um pouco pró frouxita, mas para o Outono há mais. Agora vem o calor, o bom tempo e consequentemente a corda e toda a quinquilharia a ela associada, velhos projectos são postos em práctica, surgem algumas aventuras alpinísticas, e já que a montanha não vem ter conosco, nós vamos lá.
Este ano que faço 27 anos acho que já é altura de encadear alguma coisa de jeito, portanto venha a corda e venha o waiting for the sun! aqui fica o video dos anos.

video

ALÉRGICOS ÀS COMPETIÇÕES

Parece que ainda há muita gente alégica às competições, a avaliar pelo ajuntamento de escaladores deste fim-de-semana na Guia.
Ontem resolvi ir ter com o Gonçalo à Guia de tarde, com a disposição de quem está com uma gripe daquelas em cima, e encontrei lá muita gente a disfrutar das vias deste clássico local da escalada tuga (o cebo das vias não engana).
Pois é, muita gente a dar à corda, como é comum neste local. Só por coincidência resolvo levar dois crashs e então... foi a revolução total. Aos poucos a malta começa a largar as cordas e, enfim, assédio total aos blocos da Guia.
A Aychen apareceu entretanto e resolvi fazer de anfitiriã mostrando-lhe umas vias soft para disfrutar do local.
Ao fim de algumas vias voltamos para os blocos e resolvemos experimentar o Kual onde nos safámos muito bem. Aqui está um projecto que nos pareceu possível para as próximas visitas ao local.


T.










2009-03-20

O RETIRO DOS ARANHIÇOS

É muito bom mesmo! Quem ainda não foi, tem aqui mais uma vez argumentos para se juntar à comunidade de aranhiços da capital.

De que é que estás à espera.

Cumprimentos verticais.

T&G

2009-03-09

DE VOLTA AOS CAPUCHOS

No domingo passado houve concentração bloqueira para os lados dos Capuchos. Eu e o Gonçalo resolvemos ir ter com o Pena e a nova amiga da Turquia, Aichen (não sei se é assim que se escreve, mas diz-se assim). Depois apareceu o Rasta e o Mário. Mais tarde veio o André (Ramel) e o um amigo do Rasta.

Perto dali, mais propriamente na Tapada, também houve malta a blocar, desta vez a Rita e o Macau.

Quanto a encadeamentos devo dizer que houve de tudo. Eu resolvi passar por cima da Tarantula (dizem que é 6a+) e provei um Banana Milkshake, depois de ver o Pena passear-se pelo bloco. Disseram que é 6c mas no croqui vem 6a+. Digamos que me soube a mais, talvez um 6b.

A Aichen, que é mais dada à escalada em corda, ambientou-se muito bem. Saiu de barriga cheia com o Ovo Estrelado e o Ovo Rachado (dizem que é 6a).

O Pena encadeou o Jumping Jack Flash (6c), que depois repetiu várias vezes para que não houvesse dúvidas. Por sua vez, o Mário fez um encadeamento hiper seguro no Tecto Recto (7b+?) e o Gonçalo a repetição do Ginecologista.

Moche ao Ovo Estrelado!

Em breve um filme do Rasta.

T.

2009-03-03

BLOC & ROPE


Este fim-de-semana para conciliar os meus interesses com os do Gonçalo decidimos fazer um 2 em 1. Assim 6ª feira à noite rumámos com destino à Serra da Estrela para blocar e na noite seguinte partimos para Poios onde voltarmos a reconciliar-nos com a corda.
A Serra estava um deslumbre, a neve ainda abundante, já deixava descobertos os blocos. Começámos a blocar às 9 horas e durante toda a manhã o grip esteve altamente. Aproveitei para dar uns intentos no Pouca-Terra (6b) e por pouco este não saiu. Depois da travessia só faltou o resto. Da próxima tenciono apanhar viagem neste trem... O Gonçalo por sua vez andou a trabalhar o arranque sentado do Rosa Negra (7b+). O encadiamento também ficou adiado para uma próxima.


Já em Poios encontrámos o João Animado, o Marco e mais um grupo de malta que estava a dar um curso. À chegada fomos recebidos pela chuva mas durante a manhã o tempo secou e a temperatura estava excelente para fazer umas vias. Eu aproveitei para desenferrujar nos V e 6º graus e o Gonçalo lá encadiou um 7a que tinha ficado por resolver no fds passado.







E assim foi um fds bem passado com já não tinha á muito tempo, muito apertanço, pouco lazer.


T.