2008-02-23

«João Pedro Plácido, de 28 anos, contesta a proibição do cultivo caseiro de cannabis. Há uma semana a PJ apreendeu-lhe perto de 30 pés daquela planta que crescia nos canteiros do quintal da sua casa, em Lisboa. "Agora que me levaram os pés de cannabis vou ter de ir comprar no mercado, encher os bolsos aos traficantes, situação que sempre contestei. Penso que o cultivo para consumo individual não deve ser penalizado", afirma.Foi sem surpresa que João Pedro viu a polícia bater-lhe à porta. "Um agente que andava a investigar o bairro problemático da Quinta do Ferro, localizado nas traseiras da minha casa, viu o meu quintal e o que lá estava plantado. No dia seguinte, apareceu acompanhado por mais quatro agentes. Levaram-me o que tinha plantado, o que tinha em frascos e ainda o que tinha a secar. Quatro sacos de 40 gramas cada", acrescenta. "Nunca vendi nada! Quando muito terei dado a amigos. E se o fiz, foi porque sou contra o tráfico", sustenta. João Pedro é consumidor regular de cannabis desde os 16 anos, mas apenas cultiva há pouco tempo. Obtém as sementes através da Internet. "São provenientes da Holanda e o preço oscila entre entre 25 e 150 euros (cada saco com dez sementes)", explica.João Pedro é um acérrimo defensor da legalização da cannabis. Apesar de ciente dos danos cerebrais que o seus consumo regular prolongado provoca, sustenta a sua posição contra-argumentando com o consumo legal de tabaco e álcool. "Tanto um como outro provocam doenças graves como cancros e cirroses. Mas eu não defendo que se proíba o consumo destes produtos. Sou antes pela livre escolha", conclui.»

O João Pedro é um bom amigo que além de ser um defensor do livre consumo e cultivo de cannabis também gosta de passar medo nas falésias do cabo da roca e arrábida. O que que é aqui açima referido foi transcrito do diário de notícias e é lírico o que lhe aconteceu, pois sem provas algumas de que ele pudesse estar a traficar imediatamente lhe apreenderam os pés plantados, a comunidade de escaladores mais chegada ficou mais pobre com o desaparecimento destes 30 pés de uma erva pujantíssima, mas não se preocupem que na serra há por aí muita ah ahh ahh!

2008-02-18

Mais um registo de um sábado sintrense com muito boa disposição ...

video

2008-02-14

ora viva ! apertem os cintos e segurem-se bem, a viagem vai começar ...


video